Hollywood Reporter divulgou hoje com exclusividade que a Cate Shortland irá dirigir o filme solo da Viúva Negra. Confira a tradução da matéria abaixo:

A fonte viu a Marvel se reunir com mais de 70 diretores em potencial.

O filme solo da Viúva Negra do Marvel Studios tem agora uma diretora.

Cate Shortland, a diretora australiana talvez mais conhecida pelo drama nazista Lore, assinou contrato para dirigir Viúva Negra, o projeto de ação e aventura da Marvel que será estrelado por Scarlett Johansson.

A medida encerra uma busca que durou mais de meio ano, quando o estúdio se reuniu com mais de 70 diretores para encontrar seu candidato ideal. Uma cineasta feminina era a prioridade, mesmo quando a busca estagnou em um ponto e o estúdio olhou para diretores do sexo masculino.

A caça estreitou em junho com Amma Asante (Belle, A United Kingdom) e Maggie Betts (Novitiate) sendo finalistas ao lado de Shortland. Melanie Laurent (Galveston) e Kimberly Peirce (Boys Don’t Cry) também estiveram na mistura da reta final.

Shortland, que não tem representação de agência, tinha a fã Johansson, que a empurrou para o filme. A atriz admirava o trabalho de Shortland na liderança feminina em Lore, um drama aclamado pela crítica em 2012 que conta a história de uma jovem que lidera seus irmãos na Alemanha com o exército aliado. Seu filme mais recente é Berlin Syndrome, um suspense de 2017 estrelado por Teresa Palmer.

Jac Schaeffer escreveu o rascunho mais recente para o filme. Ela também escreveu o próximo remake feminino excêntrico de Dirty Rotten Scoundrels (Os Safados), chamado Nasty Women.

A viúva de Johansson é apresentada antes dos eventos do primeiro filme dos Vingadores e vimos a atriz reprisar a espiã russa transformado em super heroína. O filme será o segundo filme da Marvel com foco feminino depois de Capitã Marvel, que será lançado em 8 de março (28 de Fevereiro aqui no Brasil).

O filme começará suas filmagens em 2019 mas ainda não temos uma data de lançamento.